All for Joomla All for Webmasters

A Ao vivo

Previous Next

Nação Zumbi - SESC Vila Mariana (16.01.19)

User Rating: 0 / 5

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Uma das bandas mais queridas do público paulistano, a Nação Zumbi goza de prestígio que empolga a qualquer um. Não importa o lugar, a banda de pernambucana sempre esgota ingressos e apresenta shows épicos, como se precisasse reforçar ainda mais o prestígio que tem por essas bandas. Não foi diferente durante os shows realizados no SESC Vila Mariana, em São Paulo, durante os dias 14, 15 e 16.

Em turnê do álbum Radiola ZN, cheio de versões de clássicos da música brasileira ao melhor estilo Nação Zumbi, ficava a curiosidade de como isso funcionaria ao vivo. E o resultado foi o melhor possível.

Desde o início com o público na mão, a Nação Zumbi de Jorge du Peixe e Lúcio Maia impressiona e não só por seus protagonistas. É impossível não embarcar dentro da massa sonora que ainda conta com Dengue (baixo), Toca Ogan (percussão), Tom Rocha (bateria), Gustavo Da Lua e Marcos Matias (alfaias). É uma engrenagem assustadora. Que toca alto 100% do tempo e tem nas suas veias o mesmo veneno que todos pensavam existir na época do ilustríssimo Chico Science.

Investindo inicialmente em seu último lançamento, trouxe versões pesadas e de alto impacto de Refazenda de Gilberto Gil, Não Há Dinheiro Que Pague, de Roberto Carlos, além de Amor, do Secos & Molhados. Em todos os casos se apossou de clássicos absolutos para mandar e desmandar. Fazer ao seu melhor estilo. E o resultado impressionou mesmo a quem já estava acostumado com o último lançamento da banda. Os clássicos da Nação Zumbi também surgiram com força. Foi Amor e Blunt of Judah são algumas das que voltaram ao setlist do grupo, que ainda intercalou faixas da época com Chico Science. Uma verdadeira catarse.

Ao vivo a Nação Zumbi consegue canalizar uma energia que passa pelos pedais de Lucio Maia com as alfaias de Marcos Matias e Gustavo da Lua. É uma engrenagem que não falha. Com músicos extremamente competentes em todas as suas funções, o grupo pernambucano se transforma em um verdadeiro furacão ao vivo. E mesmo tendo visto vários shows do grupo ao longo da história, o próximo acaba sendo sempre o mais arrebatador.

Radiola ZN é mais um – entre tantos – acertos do grupo em sua história. Deu certo. E mesmo sem saber qual o próximo passo do grupo, temos sempre a certeza de que vai ser extremamente qualificado.

A música passa por aqui.

Email:

contato@revistasom.com.br

Fone:

11 98022.7441

Mídias Sociais