All for Joomla All for Webmasters

A Ao vivo

David Fonseca - Studio SP/SP (05.10.11)

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Leiria é uma cidade portuguesa do tamanho de Birigui, mais ou menos, onde Eça de Queiroz escreveu o aclamado romance O Crime do Padre Amaro. É também o berço do cantor português David Fonseca, que passou por São Paulo no dia 07/10 e se surpreendeu ao ouvir gritarem o nome da sua cidadezinha natal. “Foi preciso vir ao Brasil para o ouvir esse nome”, disse ele, ao que se seguiram gritos mais inflamados. A resposta: “não é preciso tanto, esse não é um concerto de Leiria, esse é um show de David Fonseca!”.

Falemos, então, do show de David Fonseca. David tem um vozeirão capaz de encher qualquer palco e ali, no diminuto espaço do Studio SP, isso ficava ainda mais evidente. O cantor está acostumado a tocar para milhares de pessoas. Em Portugal, já lotou grandes casas de shows e se apresentou em festivais como o Sudoeste, maior festival lusitano de verão. Sua estreia nos palcos brasileiros aconteceu no Rock in Rio, no último dia do evento. Mesmo assim, no Studio SP, David estava à vontade e era pura entrega. Cantou todos os seus hits – e foi surpreendido pelo coro de uma parcela considerável do público, mesmo só tendo lançado um disco no Brasil, em setembro – usou microfones com efeitos sonoros diferentes, trocou de guitarras, moveu-se por todo o palco, desceu do palco, filmou com a câmera de um dos presentes, iluminou o público com um dos refletores e fez reverberar o talento e o carisma que o tornaram reconhecido em sua terra.

A banda, muito bem entrosada, conferiu uma pegada mais enérgica e rock ‘n roll tanto a músicas antigas, como Superstars II e The 80’s, quanto às mais recentes, como Owner Of Her Heart e There’s Nothing Wrong With Us. As baladas Kiss Me, Oh Kiss Me e U Know Who I Am também marcaram presença. O show teve ainda um cover ao telefone (!) de Everybody's Gotta Learn Sometimes (dos britânicos The Korgis, regravada pelo Beck) e uma divertida versão de Girls Just Wanna Have Fun (de Cindy Lauper), que David Fonseca dedicou especialmente aos presentes, afirmando nunca ter visto um público tão entusiasmado em seus shows.

This Raging Light e Silent Void fecharam a noite. Uma bela noite para quem acompanha há tempos a carreira de David e para quem, curioso, foi conhecer. Só o que há mais a dizer é: bem vindo ao Brasil, David Fonseca.

A música passa por aqui.

Email:

contato@revistasom.com.br

Fone:

11 98022.7441

Mídias Sociais