All for Joomla All for Webmasters

E Entrevistas

Previous Next

Entrevista TOTÓ LA MOMPOSINA

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Não é todo dia que temos a chance de ver no palco a verdadeira Rainha de uma vertente musical. E assim é Totó La Momposina, que vem ao Brasil celebrar toda a riqueza da costa caribenha da Colômbia. Considerada a Rainha Absoluta da Cúmbia nas últimas cinco décadas, levou o lado mais profundo da cultura colombiana ao redor do mundo e coleciona uma quantidade incontável de conquistas na carreira, mas que pouco importam frente ao seu simples e intenso amor pela música.

Com a voz potente, uma energia impressionante e figurinos coloridíssimos, a cantora também é referência para as novas gerações (gravou com o jovem e premiadíssimo trio de rap Calle 13, ao lado de Maria Rita e Susana Baca, entre outros). Fazendo a multidão vibrar por onde passa, através da fusão dos ritmos indígenas com a música afro-latina, Totó é vencedora do Grammy Latino, pelo conjunto da obra (2013), e do Womex em 2006, por sua trajetória. A artista se tornou conhecida pelo mundo depois de se apresentar na cerimônia de entrega do Nobel de Literatura de 1982 ao conterrâneo Gabriel García Márquez. Depois do bem-sucedido álbum “La candela viva”, gravado nos estúdios de Peter Gabriel, ela ressurgiu com novo trabalho, “Tambolero”.

Confira uma entrevista com Totó La Momposina aqui no Passagem de Som. Um registro histórico de uma artista que já é um verdadeiro patrimônio da música há décadas.

Toto La Momposina Y Sus Tambores
Popo La Momposina: A música que interpretamos com o projeto "Toto La Momposina Y Sus Tambores" tem como proposta musical unicamente mostrar a música antiga de nosso povo com um verdadeiro sentimento de posse, algo como a nossa bandeira musical assim como o Brasil considera íntimo de sua cultura o samba e bossa-nova. É por isso que a executam com tanto amor e a divulgam por onde passam. Me sinto muito feliz em ter a oportunidade de levar ao mundo a herança musical e a cultura popular do meu país.

A relação entre a Cúmbia, a Salsa e os ritmos da América Central
Popo La Momposina: A Cúmbia é na Colômbia o nosso ritmo mais emblemático e nossa dança mais tradicional. A Salsa é algo que gostamos porque pertencemos a uma área do Caribe e isso nos encanta assim como a Rumba, a Guaracha e o tradicional Guagua. Toda essa bagagem cultural ainda ganha mais variações quando passam pelos ritmos cubanos, de Porto Rico e Santo Domingo, na República Dominicana e toda essa zona do Caribe com o Pacífico. Temos mares que nos entregam toda essa musicalidade.

As escolas de Cúmbia existem e tem sua popularidade na Colômbia, se dança Cúmbia em clubes, na rua e em festas, por essa essência a Cúmbia se popularizou em países como Chile, Uruguai, Paraguai, Equador, Bolívia, Peru e até no norte do México. A Venezuela também teve influência de Cúmbia, mas por sua vez associam ela a outros ritmos e se confunde com a Salsa. Lá ela se tornou uma música de baile e é inspirado nisso que nascem as escolas. Elas nascem a partir de cada pessoa que queira entender as raízes de uma dança.

Assim como outros ritmos a Cúmbia foi desenvolvida ao longo de muitos séculos e se construiu a partir de um estudo cuidadoso de todos seus ancestrais.

O diálogo com outras culturas
Totó la Momposina: A arte de todos os países do mundo sempre será respeitada por todas as culturas porque estamos falando de um diálogo artístico que se manifesta, nesse caso, através da música. Seja em bailes, com cores, expressões corporais... a alegria de viver e ter a paixão de se entregar através de uma expressão cultural tão antiga em diversos países é apaixonante.

O Toto La Momposina Y Sus Tambores fazem o seu trabalho somente com a percussão porque ela é o coração da música do mundo. É a batida, o metrônomo e instiga seu ouvinte ao conhecimento da mesma forma que diverte e proporciona uma verdadeira felicidade. É uma forma mais antiga de comunicação que existe no mundo para que as pessoas se transformem e conquistem corações. Esse é um conceito que a cultura americana compreende e respeita desde o início de sua história.

A riqueza musical da América do Sul e Central
Totó la Momposina: O mundo não tem ideia da riqueza musical que temos na América... digo e repito... eles não têm a mínima ideia.... temos influência de nossos povos indígenas, somos mais de 360 etnias das quais pelo menos 60 tem influência africana através de todo processo de escravidão e dos conquistadores espanhóis, franceses, alemães e ingleses. Além disso estamos falando de 27 países que formam o continente americano.

A Cúmbia sendo rotulada como World Music
Totó la Momposina: Não me incomodo com esse rótulo porque a Cúmbia é uma música para o mundo e pode ser chamada simplesmente de World Music. Graças a esse rótulo e nosso empenho, essa World Music que é nossa Cúmbia é conhecida hoje na Europa e bastante popular em países como Chile, Argentina e Paraguai. Na Colômbia atualmente estamos naquela que pode ser considerada a terceira geração de amantes de Cúmbia, mesmo com muitos gêneros mais comerciais, que também são um obstáculo para o verdadeiro sentimento de nossa música. Isso acabou com as tradicionais festas em casa e as pessoas estão cada vez mais vivendo em espaços reduzidos e evitando ter filhos.

A Cúmbia e sua relação com a tecnologia
Totó la Momposina: Existe um empenho em posicionar toda cultura dos jovens com os meios de comunicação em celulares e computadores, mas o rádio e toda a forma como se faz música não vai mudar porque o que fazemos só pode atingir esse nível de qualidade fazendo do jeito que se fazia no passado. Não se pode tirar a autenticidade do canto dos pássaros, do vento, da mãe natureza, do ruído do fogo e do barulho das águas.

Momentos importantes
Totó la Momposina: Interpretamos a nossa música com o amor, tanto a Cúmbia como outros ritmos, e somos referências no mundo, então todos os momentos da minha vida são os mais importantes, tanto aqueles repletos de dificuldades como aqueles cheios de alegria são parte de nossa vida. Em nossa região temos um ditado que diz “tudo no solo ou na cama é capaz de atravessar os oceanos”

Futuro
Totó la Momposina: Não só eu, mas todos os músicos de nosso grupo sempre realizam vários projetos e quando não estão realizando é porque estão planejando algo. Por isso não sei se consigo contar muito de todos eles ou até se devo contar os segredos (risos).

A música passa por aqui.

Email:

contato@revistasom.com.br

Fone:

11 98022.7441

Mídias Sociais