All for Joomla All for Webmasters

L Lançamentos

Previous Next

Nina - Tanta Sede

User Rating: 0 / 5

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

São 21 anos de vida, mas parece mais, muito mais. Artista que percorreu todo caminho de aprendizado até seu primeiro lançamento pessoal, Nina esbanja maturidade em seu primeiro EP, Tanta Sede, que chega ao mercado e dá fôlego ao pop nacional.

Projeto de sete músicas que carrega muito mais que sete influências, Tanta Sede apresenta atitude e solidez desde seu início, com Amor para sempre, faixa que carrega junto à voz de Nina belíssimos arranjos e um trabalho notável de guitarra realizado por Juliano Cortuah. DR em Setembro, uma composição de Kiko Zambianchi, surge como carro chefe de um trabalho que caminha com segurança pelo pop tal qual a história de seu compositor.

Coisas de casa, um folk bem arranjado, define bem a personalidade de Nina, especialmente no que diz respeito ao seu apreço pelo gênero que mais dá forma ao seu EP de estreia, que ainda tem na belíssima Combustível um mergulho mais intimista dentro de sua obra.

A reta final do EP, com Escrito nas Estrelas, faixa clássica na voz de Tetê Espíndola, é seguramente a grande surpresa do disco. Com um a versão ao melhor estilo Lucinda Williams, Nina ausenta da obra toda carga dramática embutida em seu refrão e praticamente recria uma música enraizada na cultura brasileira em um country brazuca de muito, muito respeito.

O pop só retorna de verdade ao primeiro projeto de Nina em sua faixa-título, uma versão maravilhosa do clássico de KD Lang, Constant Craving. E é exatamente nesse momento que percebe-se o quanto o tom de voz da cantora carioca lembra a artista canadense. Impossible, que dá números finais em um folk pop encorpado e de refrão pegajoso pronto para estourar nas rádios.

São sete músicas, mas uma variedade considerável para quem quer dar seu recado. Em seu EP de estreia Nina consegue passar segurança o suficiente para mostrar que está pronta, e isso não é a toa. Artista que seguiu o caminho pelo gospel e ganhou corpo o suficiente para se sentir segura em meio ao folk e ao pop, Nina acerta em apresentar um EP de sete faixas logo de cara para dar um início seguro na carreira.

Além das faixas, vale a pena ainda conferir os vídeos de performances de Nina em canais como VEVO e Youtube. Desenvolta, remete ao início dessa resenha, quando dizemos que são 21 anos de vida, mas sim, ela aparente carregar uma bagagem bem maior que isso em seus ombros sem nenhuma pressão.

A música passa por aqui.

Email:

contato@revistasom.com.br

Fone:

11 98022.7441

Mídias Sociais