All for Joomla All for Webmasters

L Livros

Previous Next

Scar Tissue - A vida alucinada do vocalista do RHCP (Autor: Larry Sloman)

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Scar tissue é a pele que da qual é formada uma cicatriz, e também o nome da biografia de Anthony Kiedis, lançada no Brasil com o nome Scar Tissue: a vida alucinada do vocalista dos Red Hot Chili Peppers.

Anthony Kiedis escreveu essa autobiografia em parceria com Larry Sloman, autor de uma aclamada biografia de Bob Dylan, e não fica muito claro qual o papel de cada um nesse trabalho.

A narração, em primeira pessoa, ganha um tom de diário. A história é cronológica, mas não muito, voltando às vezes no tempo conforme o cantor vai se lembrando. E para quem consumiu tanta droga quanto Kiedis diz ter consumido, é incrível que ainda se lembre de alguma coisa.O relato de Scar Tissue contém, basicamente, sexo, drogas e rock and roll – mas com muito mais drogas do que qualquer outra coisa, e muito menos rock do que se poderia esperar. Ao longo do livro, fica claro que a verdadeira paixão da vida de Kiedis  não  era  a  música,  eram  as  drogas.  “Não importava o uanto eu amasse minha garota ou minha banda ou meus amigos ou minha família, quando aquele canto de sereia que dizia ‘vá se drogar agora’ começava na minha mente, eu o seguia”, diz ele.

Quem o introduziu nesse mundo foi seu pai, que ofereceu a ele seu primeiro baseado, na mesa da cozinha, quando Anthony tinha apenas onze ou doze anos. A partir de então, a história do vocalista dos Chili Peppers é uma sucessão de anedotas de viagens com maconha, LSD, quaalude, ritalina, cocaína, heroína, crack, speed, entre outros, sendo a cocaína sempre sua preferida. No meio dessas anedotas, surgem como coadjuvantes as mulheres, os amigos – entre eles Flea, que Kiedis conheceu no colegial – e os Red Hot Chili Peppers.Mas essa desvairada, longa e absurdamente honesta história fisga o leitor como poucas biografias por aí.  Anthony Kiedis expõe suas cicatrizes como marcas de batalha de um anti-herói louco, numa clara tentativa de fazer as pazes com seu passado. Ele menciona, por exemplo, que mandou dinheiro para compensar  estragos  feitos  à  escola  primária que frequentou e para repor furtos que cometeu em restaurantes. São dois os objetivos de Kiedis com esse livro – e sequer isso ele faz questão de esconder: alcançar um modo de aceitar que tudo o que aconteceu fez dele a pessoa que é hoje, e ajudar outras pessoas que estejam em algum ponto do caminho que ele percorreu a enxergar que existe uma saída.

O final do livro é todo dedicado ao processo de se manter sóbrio e à vontade de incentivar que outras pessoas se mantenham sóbrias.A adolescência bizarra de Anthony Kiedis ao lado de seu pai traficante será o mote de uma futura série de TV, baseada parcialmente no livro Scar Tissue. A série vai se chamar Spider and Son. As filmagens devem começar esse ano e Kiedis ainda considera a possibilidade de ser o narrador da série.

A música passa por aqui.

Email:

contato@revistasom.com.br

Fone:

11 98022.7441

Mídias Sociais