All for Joomla All for Webmasters

L Livros

Previous Next

John Lennon - A Vida (Autor: Philip Norman)

User Rating: 0 / 5

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Não conheço ninguém que não goste dos Beatles, com exceção de uma colega que sempre ouvia Yellow Submarine na sala de espera do dentista e até hoje tem trauma dos garotos de Liverpool.

Dentre todos os Beatles, John Lennon é uma espécie de figura mítica para quase todo mundo. John Lennon – a vida, livro de Philip Norman, é uma biografia que pretende trazer o mito de volta à condição de homem.

Certo é que Lennon teria vocação para personagem de livro mesmo que não fosse excepcionalmente criativo. Há muita história a ser contada, desde a infância conturbada de John até o trágico final de sua vida. Philip Norman, munido de depoimentos de diversas pessoas próximas ao beatle e com a bênção de Yoko Ono, não poupa o leitor de casos pitorescos – incluindo insinuações da atração incestuosa de John Lennon por sua mãe e do caráter homerótico de sua relação com Paul McCartney e Stu Suttcliffe, primeiro baixista dos Beatles.

Essa riqueza de detalhes constitui de forma paradoxal a força e a fraqueza do livro. O texto se torna por vezes descritivo em demasia. A leitura não é fácil. São mais de 800 páginas de minúcias que exigem paciência e dedicação. Coisa para quem é fã de verdade.

No entanto, o verdadeiro mérito dessa biografia é o de fazer um retrato sincero do artista e da pessoa que foi John Lennon. O Lennon da obra é um sujeito problemático, bondoso, contraditório e genial. O biógrafo não o coloca em um pedestal – e nem na lama.

O melhor trecho do livro é, sem dúvida, a parte final, com as memórias de infância do filho de John e Yoko, Sean Lennon. Norman não deixa o leitor com o sinistro fim, mas com uma recordação doce e inocente do músico que influenciou todas as gerações de roqueiros que o sucederam.

A música passa por aqui.

Email:

contato@revistasom.com.br

Fone:

11 98022.7441

Mídias Sociais