All for Joomla All for Webmasters

S Sala Especial

Previous Next

Os caminhos de Igor Prado

User Rating: 0 / 5

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Conduzindo sua carreira por uma estrada que bebe do blues e flerta com as mais belíssimas vertentes da soul music, o guitarrista paulista Igor Prado é a bola da vez em uma viagem que conduz somente à boa música.

O que une Albert King, Otis Rush e Dick Dale? Donos de histórias irrepreensíveis no mundo da música, ambos os guitarristas sempre conseguiram se desenvolver dentro de suas vertentes com uma coisa em comum. Canhotos, cada um sempre tocou com as cordas invertidas, mesmo caminho seguido pelo guitarrista Igor Prado, hoje um dos grandes nomes do país no circuito internacional.

Apaixonado pela guitarra desde os 11 anos, não tardou para que Igor abraçasse de vez o mundo da música. Autodidata, o paulista já se apresentava em bares com 16 anos (e autorizações judiciais por causa da idade) enquanto mergulhava de cabeça no blues e no swing, movimento jazzístico tradicional na década de 40.

Caminho natural, logo daria vida à Igor Prado Band, grupo com o qual excursiona até hoje ao lado do irmão Yuri Prado (bateria), além de Rodrigo Mantovani (contrabaixo elétrico e acústico) e Denílson Martins (saxofone barítono). E em meio a um dos momentos mais marcantes da história do blues, já que várias lendas de sua geração de ouro começam a encerrar suas carreiras, o guitarrista paulista vem se tornando uma espécie de bastião em meio a uma ausência cada vez mais nítida de renovação no blues.

Experiências não faltam. Turnês e jams ao lado de nomes Guyger, R.J Mischo, Mark Hummel, Rick Estrin (Little Charlie & Nightcats), Lynwood Slim, J. J. Jackson, James Wheeler, Phil Guy (irmão de Buddy Guy), Mud Morganfield (filho Muddy Waters), Bob Stroger (baixista da banda de Muddy Waters) e muitos outros apontam para um mergulho cada vez maior e mais intenso de Igor e sua banda por uma das mais valorosas estradas do mundo da música.

A admiração de músicos internacionais também impressiona. Para se ter ideia, Kim Wilson, do  The Fabulous Thunderbirds, o casal Honey e Rod Piazza e “Monster” Mike Welch, ex-guitarrista de Johnny Winter, participaram do último álbum de Igor Prado, Way Down South, indicado ao “Oscar do Blues” em 2016.

Hoje com sete trabalhos lançados, Igor vem sendo alçado ao panteão do gênero no Brasil, onde se encontram os nomes dos amigos Flavio Guimarães (com quem já trabalhou como produtor) e Celso Blues Boy, além de alcançar destaque cada vez maior no exterior.

Figura certa em grandes eventos como o Doheny Blues Festival, nos Estados Unidos, e Lucerne Blues Festival, na Suíça, Igor vem chamando cada vez mais a atenção de grandes artistas como Wee Willie, verdadeira lenda do deep soul e um dos últimos em atividade no gênero. Ao lado do lendário músico, o guitarrista teve a chance de trabalhar e ver seu material apreciado enquanto realizava uma turnê ao lado de Willie, um dos maiores patrimônios da Checker Records, subsidiária da Chess Records.

Essa notabilidade não é a toa. Sem se prender a uma única vertente durante toda sua carreira, Igor Prado nunca foi “só” um guitarrista de blues. Apaixonado pelo R&B e a soul music, fez de sua música uma verdadeira amálgama que, tecnicamente falando, ficou conhecida como o famoso West Coast Swing.

No último ano Igor Prado uniu forças com outro grande nome da atual cena blues brasileira, Ari Borger, com quem excursionou Brasil afora e lançou o álbum Lowdown Boogie. A parceria rendeu também um álbum ao vivo pelo pianista, gravado no Cincy Blues Fest, um dos mais conceituados festivais de blues dos Estados Unidos.

Atuante no Brasil e no exterior, Igor Prado faz parte hoje de uma cena que tem algo a dizer. Antenado às novas tendências e ao que pode agregar ao seu trabalho, quer mostrar que o blues ainda é capaz de proporcionar uma renovação e não um saudosismo capaz de sepultá-lo. Em constante evolução e pronto para novos desafios, seu know-how só cresce em um ano repleto de bons momentos.

Hoje com pouco mais de 30 anos, Igor é segue firme por uma estrada repleta de opções, acertando a cada mudança de direção e levando o blues a lugares jamais visitados.

A música passa por aqui.

Email:

contato@revistasom.com.br

Fone:

11 98022.7441

Mídias Sociais